A diferença entre Marketing x Propaganda x Publicidade

Não é muito difícil encontrar pessoas que confundem o conceito de marketing, propaganda e publicidade. “Ah, eu já estou fazendo Marketing, estou postando no meu Instagram”, é uma frase recorrente de escutar de empresários quando realizo processos de consultoria.

Mas será que Marketing se resume mesmo ao post em uma rede social? E o que seria então propaganda e publicidade? A mesma coisa? Adianto que não. Entender melhor esses três conceitos podem ser um passo decisivo para entender melhor as estratégias e usar – de forma mais assertiva – a publicidade, a propaganda e o Marketing ao nosso favor.

Mas o que é Marketing?

Se seguirmos a risca sua definição, vamos encontrar que  “o Marketing é uma atividade, um conjunto de instituições e processos para criar, comunicar, entregar e trocar ofertas que tenham valor para os consumidores, clientes, parceiros e sociedade em geral” (definição da American Marketing Association).  Trocando em miúdos, é uma série de estratégias e técnicas que buscam agregar valor a marcas ou produtos, de atender as necessidades do cliente.  Toda empresa ela precisa suprir determinado problema, resolver uma situação e para isso ela precisa mostrar isso aos seus clientes.

Por isso, Marketing deve ser a essência de um negócio.  Ele deve estar enraizado em todos os departamentos, tudo deve estar ligado. E uma frase que simboliza todo esse envolvimento é do David Packard, fundador da HP:  “Marketing é importante demais para ser entregue ao departamento de marketing”.  

E para facilitar a nossa linha de raciocínio vou recorrer a um conceito clássico nos estudos do Marketing de Neil Borden, os 4Ps.  Sim, muita gente acha que foi Philip Kotler, o principal difusor, mas a criação do conceito foi de Borden. Não pretendo explorar aqui profundamente os 4Ps do Marketing. Mas de forma básica esse é um mix de elementos que compõe qualquer estratégia: produto, preço, praça e promoção (não importa quantos Ps, Ss ou qualquer outra letra do alfabeto outros autores lancem por aí). 

E esse composto ajuda a influenciar as decisões de uma determinada organização em traçar ações para alcançar resultados positivos. Produto está relacionado a definição dos produtos e serviços que serão comercializados, assim como suas características e funções. O Preço é o quanto será cobrado. Ele ajuda a posicionar os produtos e define as suas margens de lucro. Praça relaciona-se aos canais de distribuição, pontos de vendas, a logística ou como o cliente chega até o produto. E Promoção baseia-se em estratégias de divulgação, na comunicação, relações públicas, em ações promocionais de vendas que visam aumentar a notoriedade dos produtos e das marcas. E é exatamente aí que a publicidade está inserida. 

Nossa! Viu que demora toda só para dizer que a Publicidade, na verdade, faz parte de um “pedaço” de tudo que envolve o composto da Promoção que, por sua vez, é apenas um dos quatro elementos básicos que envolvem o Marketing? 

Mas vamos agora destrinchar melhor esse ponto, a Publicidade.

A publicidade é uma maneira de estimular o cliente a realizar a compra. É um dos meio de anunciar ou promover um determinado produto ou serviço. Nele se pode usar espaços comerciais como veículos de comunicação, redes sociais, outdoor, seus próprios consumidores através do boca-boca, enfim… existem dezenas de plataformas e meios para fazer o seu produto ou serviço ser conhecido. Para esse intuito, geralmente, a publicidade apropria-se de estratégias de persuasão como informar, mostrar vantagens, apresentar benefícios, fazer comparativos, informar preços, descontos, atiçar o medo, entre outros.

E a Propaganda, onde entra?

Você já deve ter escutado que a Propaganda e Publicidade são a mesma coisa. certo? 

E para falar a verdade, na prática, o mercado também considera isso. Inclusive, o CENP (Conselho Executivo das Normas-Padrão), que é a entidade criada para assegurar boas práticas comerciais entre Anunciantes, Agências de Publicidade e Veículos de Comunicação, indica que tanto a publicidade e propaganda tratam-se de “qualquer forma remunerada de difusão de ideias, mercadorias, produtos ou serviços”.

No entanto, quando vamos para os estudos acadêmicos, a diferenciação entre esses dois conceitos acontecem. A publicidade tem a intenção de promover empresas, produtos e serviços, enquanto a propaganda está no campo das causas e ideologias. Por isso a propaganda estaria mais ligado a questões que envolvem ideia, princípio, doutrina, causa ou prática. Por isso, atrelamos a Propaganda quando ela possui, por exemplo, o caracter mais eleitoral, governamental, religioso, relacionado à guerra. 

Exemplo: a propaganda eleitoral gratuita perto da eleição. Outro exemplo, a imagem do Tio Sam com o dedo apontado para frente na Primeira Guerra Mundial, que se tornou uma propaganda histórica emblemática.

Se você ainda não capitou lá vem o RESUMO DO RESUMO

Marketing é  algo mais amplo e envolve uma série de estratégias e ações que buscam entregar e agregar valor a marcas ou produtos para atender as necessidades do cliente. Por ser mais amplo, envolve preocupações como Preço, Produto, local de venda (Praça), Promoções, entre outros. Por tanto trata-se de um pensamento mais macro, que dá uma visão mais completa do próprio negócio, ações e estratégias.

Publicidade está ligado a uma das estratégias segmentadas dentro de Promoções. Ele seria um dos meio de anunciar ou promover um determinado produto ou serviço, podendo ter como forma de divulgação a utilização de espaços comerciais como veículos de comunicação, redes sociais, outdoor, cliente entre outros para que o anúncio do produto chegue ao público desejado.

Propaganda seria o mesmo que publicidade no intuito da divulgação, no entanto, não estaria ligado à empresas e serviços. No caso, está ligado ao promover ideias, princípios, doutrinas, causas ou práticas, como por exemplo em propagandas políticas, religiosas ou de guerra.

Agora Ficou claro a definição?  Espero que sim. 

E em breve, mais um novo conteúdo para você!